11 dez , 1982
SÁB
fora de cena O Que É Que Aconteceu Na Terra Dos Procópios Trigo Limpo teatro ACERT
11 dez , 1982
SÁB

fora de cena

Calendarização

11 dez
sáb
21:00
  (Zagão da Câmara Municipal de Tondela)

O Que É Que Aconteceu Na Terra Dos Procópios

Trigo Limpo teatro ACERT

Espectáculo criado na utilização de um dos espaços arquitectónicos mais bonitos de Tondela— o Zagão da Câmara. A cenografia de Wladimir Franklin, associada a uma implanta- ção cénica com fortes potencialidades teatrais, criam novos desafios cénicos para os actores, e ampliam o campo experimental da montagem teatral. A dramaturgia decorre numa sucessão de jogos dramáticos em que o ritmo das ce- nas adquire já formas de expressão teatral de grande efeito. Este espectáculo representa um marco, em termos do estudo funcional dos elementos cénicos.

A preparação deste espectáculo decorre já nas antigas instalações do Infantário (Hospital Velho), cedido pontualmente pela Misericórdia.

Ficha técnica e artística

Estreia: 11 de Dezembro de 1982
Zagão da Câmara Municipal, Tondela

Texto: Maria Alberta Menéres
Dramaturgia: Helena Ferreira
Encenação: José Rui
Cenografia e figurinos: Wladimir Franklin
Técnica: Luis Carlos Coimbra e Luís Viegas
Elenco: Caramelo, Carla Torres, Élio Antunes, Fernando Rei, Helena Machado, João Almiro, João Carlos Antunes, Jorge Cândido, José Ricardo Abrantes, Luís Melo, Paula Torres, Orlando Agostinho e Teixeira de Matos.


Excerto do texto

PASTOR – (para o Palhaço, em segredo) Sabe? Eles tinham três filhos, três príncipes: um, muito valentão, outro muito ambicioso, e o mais novo era a bondade em pessoa.
RAPARIGA - Ó pai, não me diga que vai contar outra vez essa história…
PALHAÇO – Muito boa tarde, menina! Eu até estou muito interessado na história. Mas parece-me que já a ouvi noutro lugar…
RAPARIGA – Ai isso não, não! Esta história é só nossa. e foi a primeira vez que aconteceu!
(…)
PASTOR – Mas ainda falta dizer o mais importante!!
(Mistério)
TODOS – O mais importante??
PASTOR – Sim. E essa é que é a causa da grande, da enorme, preocupação dos velhos Reis, dos velhos pais! Nunca mais devem ter filhos…
PASTOR – Bem… é que eles disseram a cada filho que partia, que era naquela viagem que iriam dar “a sua prova de capacidade”, e que só deviam regressar à casa paterna quando soubessem o que era a vida!
TODOS – Ah… (Um ah muito prolongado. Um a um todos se vão levantando e dando as mãos como numa grande roda lenta, que se vai progressivamente animando)
Uma prova de capacidade
Uma prova de capacidade
Uma prova de capacidade?
Uma prova de capacidade?
Quem sabe o que isto é?
Quem sabe o que isto é?
Uma prova de capacidade é ficar deitado ou estar de pé? é sair do escuro é sair do claro inventar o futuro ou parecer calado?
Uma prova de capacidade é andar ao pé coxinho?
É vencer algum gigante? é ser bichinho de conta ou ter força de elefante? Uma prova de capacidade é ficar deitado ou estar de pé?

excerto do texto “O Que é que Aconteceu na Terra dos Procópios"


Galeria de Imagens