19 abr , 2014
SÁB
judas Queima e Rebentamento do Judas - 2014 Trigo Limpo teatro ACERT Judas14, no 40 que abril tem, vamos a ver o que aí vem
19 abr , 2014
SÁB
Judas14, no 40 que abril tem, vamos a ver o que aí vem

judas

fora de cena

Calendarização

19 abr
sáb
23:00
Tondela  (Parque de Jogos so Sporting Clube de Nandufe)

Queima e Rebentamento do Judas - 2014

Trigo Limpo teatro ACERT


Este ano, no Parque de Jogos Sporting Clube de Nandufe.

A impossibilidade de realizar o Judas no local habitual, entretanto melhorado com piso de tartan, torna o espaço inadequado para a utilização de fogo e outros artifícios do espetáculo. Um melhoramento bem merecido para a comunidade educativa da EB2, 3 que, durante muitos anos, disponibilizou amavelmente o recinto de jogos, justifica a razão para a escolha de novo espaço. Muitas alternativas foram minuciosamente estudadas na cidade, mas a caraterística do espetáculo obriga a condições muito particulares – dimensões, condições de visibilidade, segurança, estruturas de apoio…
A escolha de Nandufe não retira o caráter local do acontecimento, antes lhe confere condições que o dignificam e inovam, demonstrando que os tondelenses sentem também como “suas” cada uma das freguesias do Concelho e que o Judas muda de casa mas não dos seus dignos inquilinos. Por isso, o Judas irá habitar, em 2014, em Tondufe.
Mais um espetáculo onde a narrativa teatral e musical navegam em diversas barcas: o medo e a coragem; o desespero e o ânimo; a injustiça e a luta…
O mostrengo abre o gorgomilo e protege seus acólitos. O fogo chamusca aqueles que têm vida dorida.
Mestre Gil vai dar largada e empresta a sua barca para mais uma fumegada. Quando o mar bate na rocha, quem se lixa é o mexilhão? A ver vamos, pois quando o ferro estiver acendido, então é que há de ser batido.

 

Queima e Rebentamento do Judas 2014

Ficha técnica e artística

Direção Artística: José Rui Martins
Dramaturgia: Coletiva, inspirada na recriação livre do universo narrativo de “Os Lusíadas” de Luiz de Camões e “Auto da Barca do Inferno” de Gil Vicente e na inspiração musical de José Mário Branco e Sério Godinho.
Direção Cénica de Grupos: António Rebelo, Hugo Gonzalez, Ilda Teixeira, João Silva, José Rui Martins, Pedro Sousa, Raquel Costa e Sandra Santos.
Direção Musical: Fran Pérez
Direção Coreográfica: Romulus Neagu
Cenografia: Zétavares
Direção de Montagem: Miguel Torres e Pompeu José
Músicos e Vozes: Bruno Machado, Carlos Cossa, Carolina Antunes, Cláudia Castro, Cláudia Ribas de Sousa, Fran Pérez, Francisco Cardoso, Gustavo Dinis, João Costa, Luísa Vieira, Lydia Pinho, Miguel Cordeiro, Miguel Cardoso, Paulo Nuno, Rafael Silva, Rosa Simão, Rita Figueiredo, Rui Cossa, Rute Castro e Tomás Fonseca.
Narração: Ricardo Ventura e José Rui Martins
Monitor de Andas: Christian Santos
Assistentes de Cenografia: João Nascimento e Carlos Fernandes
Construção: António Gonçalves, Cláudio Lima, Daniela Duarte, Gaby Gonçalves, Luís Coelho e Tatiana Duarte.
Apoio à Construção Cenográfica: Ângela Antunes, César Augusto, Jorge Mendes, Lizete Lemos, Manuel Matos Silva, Margarida Abreu, Margarida Melo, Néné, Rita Mamede, Sara Cruz e Sílvia Leão.
Apoio à Montagem: Carlos Santos, João Arede, João Fernandes, José Seixas, Luís Coelho, Nuno Abelheira, Nuno Antunes, Pedro Ferreira, Paulo Freitas e Rui Ribeiro.
Direção Técnica: Luís Viegas
Desenho de Luz: Paulo Neto
Assistência Técnica: Filipe de Jesus
Design Gráfico: Zétavares
Cobertura Fotográfica Diária: José Cruzio, Márcio Ribafeira e João Simões
Cobertura Vídeo Diária: Rui Sérgio
Cobertura Vídeo do Espetáculo: Blackmedia
Secretariado e Produção: Marta Costa, Paula Pereira, Rui Coimbra e Rui Vale
Serviço de Limpeza: Efigénia Arede
Pirotecnia: Pirotecnia do Dão
Som e Luz: Stageland

BESTEIRAS TORRES
Cláudia Dinis, Daniel Nunes, Hélder Silva, Inês Marques, Mariana Ribeiro, Nuno Loureiro, Rafaela Ribeiro, Victor Rodrigues

DITOS CUJOS
Alberto Costa, Aurora Batista, Bruno Pereira, Carla Gomes, João Almiro, Manuela Antunes, Margarida Oliveira, Maria Figueiredo, Maria Quintal, Pedro Gomes, Rita Martins, Samuel Almeida, Sónia Rodrigues.

FAMÍLIAS
Andréa Fernandes, Ângela Antunes, Bárbara Pereira, Carlos Cruz, Carolina Chaves, Catarina Rodrigues, Cláudia Rodrigues, Diana Pereira, Fátima Santos, Francisca Oliveira, Gustavo Marques, João Bruno, João Marques, Júlia Costa, Lia Bruno, Lucas Marques, Luís Ribeiro, Mariana Adão, Marisa Cruz, Raquel Rodrigues, Renato Pacheco, Telma Silva e Tomás Cabrito.

JOVENS
Afonso Cortez, Ana Carvalho, Ana Freitas, Ana Laranjeira, Ana Silva, Andreia Rodrigues, Ângelo Marques, Beatriz Nunes, Beatriz Silva, Bruna Chaves, Catarina Almeida, Catarina Sá, Catarina Ribeiro, Francisca Miroto, Francisca Silva, Inês Cardoso, Inês Pedrosa, Inês Silva, Joana Neves, Joana Santos, João Alegria, Madalena Pomar, Marina Figueiredo, Marta Pereira, Miguel Lopes, Raquel Ferreira, Ricardo Mendes, Salomé Leitão e Tânia Pereira.

VELHOS
Alexandre Almeida, António Gonçalves, Catarina Silva, Cátia Lopes, Cláudio Silva, Carolina Chaves, Cláudia Rodrigues, Daniel Ribeiro, David Pinto, Diana Pereira, Ema Coutinho, Eva Marques, Fábio Morais, Filipa Santos, Joana Brás ,Joana Ferraz, Joana Martins, João Ramos, Jonathan Fernandes, Jorge Martins, Judite Coimbra, Juliana Gamas, Luís Henriques, Manuel Figueira, Maria Lopes, Marta Carvalho, Ricardo Gonçalves ,Rodrigo Fonseca, Samanta Coimbra, Tiago Viana e Lionel Silva.

AGRADECIMENTOS
População de Nandufe, Associação de Peregrinos de Nandufe, União de Freguesias de Tondela e Nandufe, Grupo de Cavaquinhos de Nandufe, Corpo Nacional de Escutas – Agrupamento de Nandufe, Sporting Clube de Nandufe, Blackmedia, Bombeiros Voluntários de Tondela, Equipa de Montagem da Câmara Municipal de Tondela, Equipa Técnica da Stageland, Frutas Cruz Germano de Sousa & Filhos, Lda, GNR de Tondela, Grupo de Teatro “Os Cestos “Labesfal, Pirotecnia do Dão, Rosicar, Série Dois, Signum, Tribal Animação de Eventos
... e a todos os que, de forma direta ou indireta, contribuíram com o seu trabalho e solidariedade para a realização deste espetáculo.


Galeria de Imagens