09 mai , 2018
QUA
teatro Carnaval da vitória ou quem me dera ser onda - estreia Na Xina Lua Uma história de afetos e do modo como estes mudam uma comunidade no novo espetáculo do Na Xina Lua, a partir de um texto de Manuel Rui
09 mai , 2018
QUA
Uma história de afetos e do modo como estes mudam uma comunidade no novo espetáculo do Na Xina Lua, a partir de um texto de Manuel Rui

teatro

residência artística

Calendarização

09 mai
qua
Tondela  (Auditório 2)
02 mai
qua
Tondela  (Auditório 2)
27 abr
sex
Tondela  (Auditório 2)
21 abr
sáb
Tondela  (Auditório 2)
20 abr
sex
Tondela  (Auditório 2)

Carnaval da vitória ou quem me dera ser onda - estreia

Na Xina Lua


Um bando de 18 estorninhos e 3 melros têm estado hibernados/empenhados numa "residência artística" todas as quartas-feiras até à próxima Primavera. Desta residência, surgiu um espetáculo que irá estrear no dia 20 de abril.
"Quem me dera ser onda", de Manuel Rui, é o mais recente desafio que os jovens do Na Xina Lua têm entre mãos. Uma história tocante e fabulosa construída pelo mais belo sentimento humano, o amor. Como a relação entre duas crianças e um porco pode mudar a vida de toda a gente. São as crianças a transportar lições de vida que os adultos teimam em não querer aprender, usando a solidariedade como forma de resistir ao poder prepotente dos adultos.

Ficha técnica e artística

Texto: "Quem me dera ser onda" de Manuel Rui
Interpretação: Bruna Almeida, Carolina Alves, Cláudia Figueiredo, Daniel Paz, Diogo Macedo, João Costa, Luísa Campos, Mª. Inês Gomes, Madalena Almiro, Maria João Viana, Maria Alves, Mariana Adão, Mariana Brito, Rafaela Almeida, Raquel Nunes, Sara Quintans, Tiago Clamote, Verónica Oliveira
Dramaturgia e Encenação: António Rebelo, Pedro Sousa
Assistência Encenação: João Almiro
Desenho de luz: Paulo Neto
Desenho de som: Luís Viegas

Apoio: Trigo Limpo teatro ACERT