11 fev, 2017
SÁB
gratuito Fredo de Ricardo Fonseca Mota Uma obra galardoada com o Prémio Literário Revelação Agustina BessaLuís 2015 avizinha um escritor, residente em Tábua, com os leitores
11 fev, 2017
SÁB
Uma obra galardoada com o Prémio Literário Revelação Agustina BessaLuís 2015 avizinha um escritor, residente em Tábua, com os leitores

gratuito

lançamento de livro

Calendarização

11 fev
sáb
Tondela  (Auditório 2)

Fredo

de Ricardo Fonseca Mota

Fredo conta a história de Adolfo Maria, um jovem do interior que se muda para Lisboa à procura de um lugar para ser diferente, e a história de Fredo, um homem que teve quatro famílias e morreu sozinho. Dois mundos que se tocam, duas histórias em contramão.

É um elogio aos heróis que nunca foram cantados, aos amores sem testemunho, às mortes solitárias.

“Um livro que cruza vidas aparentemente longínquas. É ainda um elogio aos heróis que nunca foram cantados, aos amores sem testemunho, às mortes solitárias. Uma escrita tão sóbria quanto elegante, que faz com que os olhos se prendam às letras, com o encanto da descoberta de um pedaço de prosa que dá gosto. Para ler sem reservas.”

Entrada Gratuita

Ficha técnica e artística

Sobre o autor

Ricardo Fonseca Mota nasceu em Sintra em 1987, cresceu em Tábua e acabou de crescer em Coimbra.

Com o pseudónimo Ricardo Agnes publicou o livro de poesia In Descontinuidades (2008) e diversos trabalhos em diferentes publicações. Tem trabalhado com músicos, grupos de teatro, fotógrafos e artistas plásticos.

É formado em Psicologia pela Universidade de Coimbra e, em 2015, foi o mais jovem vencedor do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís.

É um dos impulsionadores do projeto de criação da Associação Cultural de Tábua.