31 mar, 2016
QUI
estreia simultânea de filme Um filme ibérico Peripécia Teatro A primeira criação teatral dos Peripécia Teatro, agora transformada em filme
Preço

Entrada gratuita

31 mar, 2016
QUI
A primeira criação teatral dos Peripécia Teatro, agora transformada em filme

estreia simultânea de filme

gratuito

Preço

Entrada gratuita

Calendarização

31 mar
qui
21:45
  (Auditório 2)

Um filme ibérico

Peripécia Teatro

Com um projeto tão marcante como é a criação deste filme, não podemos deixar de envolver aqueles que foram também parte essencial daquela criação de há uma dúzia de anos. A ACERT é uma dessas instituições que não podem ficar de fora deste projeto: Foi a 22 de Maio de 2004 que estreou no Novo ciclo ACERT o espetáculo e se lançou a primeira “pedrada” deste coletivo que se mantém em atividade desde então.

Não podemos deixar que a estreia do filme passe ao lado da ACERT.

Peripécia Teatro

Com este projeto criativo, a Peripécia Teatro provoca um “curto circuito” entre o passado e o futuro: a criação de um filme baseado no primeiro espetáculo da Companhia – IBÉRIA – A Louca História de uma Península. Após 140 apresentações, divididas por Portugal, Espanha e Brasil, para um total de 18986 espetadores, este coletivo irá mergulhar num processo criativo que marcará certamente um ponto de referência no seu futuro.

Neste projeto cruzar-se-á o Teatro e o Cinema, assim como o passado e o futuro; o passado da História ibérica com o seu porvir. O passado desta Companhia com algo do que estará para chegar.

IBÉRIA - A Louca história de uma Península foi a primeira criação da Peripécia Teatro, em 2004. Em 2016, a Companhia celebra uma dúzia de anos desse feito, lançando-se em mais um desafio inédito neste coletivo: a criação de um filme. Este inspira-se naquele espetáculo, que se mantém há 12 anos consecutivos em cena com o mesmo elenco de três atores. Serão contadas histórias da Península e suas respetivas fronteiras. Histórias dos atores que contam, no teatro, a História da Península como ninguém tinha feito antes (e, com isso, pisam algumas fronteiras).

Ficha técnica e artística

Ángel Fragua, Noelia Domínguez e Sérgio Agostinho (Interpretação, Argumento e Guião) Dino Gervasoni (Sonoplastia) Pedro Bessa (Direção de Fotografia) Ramón De Los Santos (Argumento, Guião Montagem e Realização)