16 jul, 2015
QUI
tom de festa Jenny & the mexicats México Uma babel sonora onde se cruzam mariachis, flamenco e a pop universal.
16 jul, 2015
QUI
Uma babel sonora onde se cruzam mariachis, flamenco e a pop universal.

tom de festa

concerto

Calendarização

16 jul
qui
  (Novo Ciclo ACERT - Auditório Ar-Livre)

Jenny & the mexicats

México

Uma londrina, um espanhol e dois mexicanos encontram-se e o resultado é uma banda de som cheio e ritmos poderosos, cruzando sonoridades latino-americanas e europeias, sem renegar influências de outras partes do mundo. Às guitarras do flamenco e ao ritmo dos mariachis, assegurados pelos músicos David Gonzalez, Icho e Pantera, juntam-se a voz suave de Jenny Ball e as harmonias da pop universal, sempre com um cheirinho do huapango, das trovas caribenhas e até da cumbia. Como sempre acontece, cada um dos músicos trouxe para a formação a sua bagagem musical, mas no caso de Jenny and The Mexicats, essa bagagem incluía o punk e o rockabilly tocados por Icho e Pantera em bandas anteriores, o cajón em que David Gonzalez é virtuoso, e cuja sonoridade já havia experimentado nos terrenos do flamenco, as múltiplas referências de Jenny Ball, trompetista e compositora experiente. O encontro inicial da banda dá-se em Madrid, e só depois de uma temporada europeia e de um primeiro disco com boa receção da crítica (um álbum homónimo, editado em 2012) Jenny and The Mexicats rumam ao México. Em 2014 publicam o segundo álbum, OME, e integram a banda sonora do filme mexicano Amor de Mis Amores, de Manolo Caro, confirmando o sucesso junto do público num dos países que compõe as origens da banda. Como uma babel sonora e identitária, Jenny and The Mexicats são o resultado de uma mistura feliz, onde cada referência musical e cultural é um ingrediente imprescindível para a festa sonora que a banda oferece quando se junta em palco.

Facebook: www.facebook.com/jennyandthemexicatsmusic
tdf_button.png