29 ago
sáb
16:30
Que bicho é que nos mordeu À Volta da Cadeira Espetáculos de curta duração
Duração
Aprox. 10 min.

Calendarização

25 jul
sáb
10:30
Tondela  (Rua Lannemezan)
25 jul
sáb
16:30
Tondela  (Adro da Igreja Santiago de Besteiros)
26 jul
dom
10:30
Tondela  (Zona de Lazer Várzea do Homem)
26 jul
dom
16:30
Tondela  (Parque Urbano de Tondela)
29 ago
sáb
10:30
Tondela  (Tondela (local a definir))
29 ago
sáb
16:30
Tondela  (Campo Besteiros (local a definir))
30 ago
dom
10:30
Tondela  (Cortiçada (local a definir))
30 ago
dom
16:30
Tondela  (Parque Urbano Tondela)
26 set
sáb
10:30
Tondela  (Largo Nandufe)
26 set
sáb
15:30
Tondela  (Sto. Amaro, Tonda)
27 set
dom
10:30
Tondela  (Largo Caparrosa)
27 set
dom
15:30
Tondela  (A.C.R. Ermida)

À Volta da Cadeira

Espetáculos de curta duração

Numa praça, num jardim ou numa esquina surge uma cadeira gigante que transporta com ela a promessa de momentos especiais ...
Durante o último fim-de-semana dos meses de julho, agosto e setembro poderá usufruir de 18 pequenos espetáculos, pensados para encantar e surpreender o público.
À volta da cadeira são espetáculos de curta duração, criados para combater a falta de oferta cultural causada pela pandemia.
27 artistas de diferentes áreas (música, teatro, dança, circo, magia, performance, artes plásticas, clown, poesia) apresentarão as suas criações, a solo ou em duo, e terão como espaço comum uma cadeira gigante, que será colocada num local da cidade ou do concelho de Tondela.
A cada fim-de-semana serão apresentadas 6 novas criações (3 ao sábado e 3 ao domingo), em dois horários diferentes.
Vem usufruir desta diversidade artística e deixa-te surpreender "à volta da cadeira".


25 julho

Teatro

Com António Rebelo - Trigo Limpo teatro ACERT

10h30: Rua de Lannemezan
16h30: Adro da Igreja de Santiago de Besteiros

António Rebelo nasceu em 1988. Por conjuntura familiar e social, esteve desde muito cedo envolvido no universo teatral.
Integrou o grupo de Teatro à Vela desde os cinco anos, tendo participado em vários espetáculos. É membro fundador dos Gambozinos e Peobardos. Em 2012 trabalhou para o Teatro Municipal da Guarda, integrando o elenco do espetáculo “Fragas”. Desde 2013 Integra o elenco do Trigo Limpo teatro ACERT.


Música Tradicional

FALAR A DEUS E AO DIABO
Concerto improvável em espaços pouco prováveis
Temas do Cancioneiro Tradicional Português
Com Catarina Moura e Luís Pedro Madeira

11h30: Rua de Lannemezan
17h30: Adro da Igreja de Santiago de Besteiros

Catarina Moura Licenciada em Ciências da Educação pela Universidade de Coimbra, desde 1999 que integra a Brigada Victor Jara e grupo feminino Segue-me à Capela.

Luís Pedro Madeira é licenciado em Educação Musical pela Escola Superior de Educação de Coimbra, estudou vários instrumentos e é professor de educação musical há mais de vinte anos. Como músico, produtor e compositor trabalhou em inúmeros projetos musicais, bem como em música para teatro, cinema e dança.


Clown Visual

O PALHAÇO APAIXONADO
Com Zé Pedro Ramos

12h30: Rua de Lannemezan
18h30: Adro da Igreja de Santiago de Besteiros

Zé Pedro Ramos de sorriso fácil, Zé Pedro é palhaço, é ator, é formador e tem um fascínio enorme por atividades radicais.
Formador de Animação e Expressão Dramática desde 2006. Trabalhou para a Albiñana Films Barcelona em 2008 e em Lisboa para a Plural até 2019. Atualmente dirige a Associação Quinta Oficina que fundou em 2019.


26 julho

Teatro

Com Mia Henriques e Marcelo Cantarinhas

10h30: Zona de Lazer da Várzea do Homem
16h30: Parque Urbano de Tondela

Mia Henriques raramente conhecido como Miguel, familiar de muitos peixes e ainda a aprender a nadar.

Marcelo Cantarinhas vindo de um lugar não muito distante, é um apaixonado pela música e pela guitarra. Encontra-se na jornada para conquistar os seus sonhos.


Dança – Lindy Hop

SWING JAZZ STATION
Com Juliana Gamas e Yaroslav Babchuck

11h30: Zona de Lazer da Várzea do Homem
17h30: Parque Urbano de Tondela

Juliana Gamas e Yaroslav Babchuck partilham o gosto pelas artes do espetáculo assim como a formação em dança. Esta simbiose levou-os a explorar uma nova Era do Jazz onde se desafiam e criam uma performance de Lindy Hop ao som do swing das Big Bands.


Música

Com Ana Bento e Bruno Pinto

12h30: Zona de Lazer da Várzea do Homem
18h30: Parque Urbano de Tondela

Ana Bento multi-instrumentista e compositora, compôs música para espetáculos de Helen Ainsworth, Graeme Pulleyn, Sónia Barbosa, Márcio Meirelles, Filipa Francisco, Romulus Neagu, Joana Craveiro entre outros. Integra as bandas Tranglomango e Aurora Brava como instrumentista e compositora, desenvolve vários projetos no âmbito da música na comunidade e dirige o projeto A Voz do Rock. Integra a equipa Factor-E da Casa da Música e é artista associada do Teatro Viriato.

Bruno Pinto músico e compositor, integra atualmente os grupos Aurora Brava (guitarra, composição e letras) e Tranglomango. No seio do Coletivo Gira Sol Azul tocou com Dominique Di Piazza, Freddie Gavita, Manuela Panizzo, Omar Lye-Fook. Compõe música para teatro e bandas-sonoras, tendo colaborado com Helen Ainsworth, Rogério de Carvalho, Rafaela Santos, Filipe Raposo, Filipa Francisco e Joana Craveiro. Compôs uma banda sonora para o filme mudo Paris Qui Dort, que estreou ao vivo a solo em Julho de 2014 no Teatro Viriato - Viseu. Colabora regularmente em projetos do serviço educativo da Casa da Música - Porto. Co-fundou a Associação Gira Sol Azul na qual colabora e integra a equipa de vários projetos musicais.


29 agosto

Teatro

TEOREMA
Com Pedro Sousa - Trigo Limpo teatro ACERT

10h30: Tondela (local a definir)
16h30: Campo Besteiros (local a definir)

Pedro Sousa desde novo sonhou ser agricultor na aldeia da Vela. Hoje, plantou 2 filhos e semeou amizades no Trigo Limpo teatro ACERT.


Música – Ópera

Com Luís Rendas Pereira e Rafaela Monteiro

11h30: Tondela (local a definir)
17h30: Campo Besteiros (local a definir)

Luís Rendas Pereira tem-se apresentado regularmente como solista no âmbito da ópera, oratória e canção. Participou como protagonista em inúmeras óperas das quais destaca As Bodas de Fígaro e Cosi fan tutte de W. A. Mozart. Conclui estudos superiores na Universidade de Aveiro e continua o seu aperfeiçoamento artístico com os professores Susan Waters e Pierre Mak. Luís Rendas Pereira foi vencedor do 1º prémio (ex-aequo) no Concurso Internacional de Santa Cecília em 2013 e do 3º prémio no XV Concurso Internacional Cidade do Fundão em 2014. Tem-se apresentado desde 2014 em vários recitais com a pianista Rita Seara.

Rafaela Monteiro natural de Mortágua, iniciou os seus estudos musicais no Conservatório de Música e Artes do Dão. Teve aulas de canto, dança e interpretação. Apresentou-se, várias vezes, como solista em projetos de música erudita, sendo de destacar a sua estreia na ópera La Donna di Genio Volubile, e participou também em inúmeras produções de Teatro Musical. É membro do Coro Sinfónico da Casa da Música e também faz parte do coro GoGospel. Encontra-se, neste momento, a finalizar o 3º ano da Licenciatura em Música, variante de Canto, na Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo.


Circo

BONIFÁCIO APRESENTA...
Com João Sousa

12h30: Tondela (local a definir)
18h30: Campo Besteiros (local a definir)

João Sousa desde 1996 que o seu trabalho se mistura entre criações musicais e a manipulação de objetos. Um percurso entre música, teatro, cinema e circo onde as artes cénicas por vezes se fundem com a música no mesmo palco.


30 agosto

Teatro de Robertos

TEATRO DOM ROBERTO
O barbeiro diabólico
Com Filipa Mesquita e André Lima - Teatro e Marionetas de Mandrágora

10h30: Cortiçada (local a definir)
16h30: Parque Urbano de Tondela

Teatro e Marionetas de Mandrágora é uma companhia profissional de teatro de marionetas, fundada em 2002. As suas criações artísticas caracterizam-se pela exploração de diferentes técnicas de manipulação e construção de marionetas.

Apaixonada pelo Teatro de Robertos, Filipa Mesquita é uma das duas mulheres bonecreiras em Portugal. Durante anos observou as histórias, as barracas, os fantoches, os adereços e tornou-se inevitável criar um teatro dom Roberto, caminhando pelo legado tradicional, mas dando-lhe um cunho pessoal.


Dança

Com Leonor Barata

11h30: Cortiçada (local a definir)
17h30 – Parque Urbano de Tondela

Leonor Barata é licenciada em Filosofia pela Universidade de Coimbra e completou a pós graduação em Estudos Artísticos na mesma instituição. Fez a sua formação em dança no Forum Dança no curso de intérpretes de dança contemporânea. Foi intérprete em vários espetáculos de dança e de teatro.
O seu trabalho é extenso na área da Pedagogia Artística sendo colaboradora regular de várias instituições. Como criadora apresentou várias propostas para o público jovem: A Menina do Mar (2004), Pretas e Vermelhas Penduradas nas Orelhas (2007), Fios e Labirintos (2010) e Azul! (2012) e Ver a Odisseia para chegar a Ítaca (2016) ainda em digressão e está a preprar a sua nova criação Dos Deuses, com estreia prevista em 2021. É, desde 2020 Artista Residente do Agrupamento de Escolas Gomes Teixeira, em Armamar, ao abrigo do Plano Nacional das Artes .


Cruzamentos Artísticos: Teatro e Cerâmica

Com Sandra Santos (Trigo Limpo teatro ACERT) e Xana Monteiro

12h30: Cortiçada (local a definir)
18h30: Parque Urbano de Tondela

Sandra Santos desde cedo as artes despertaram nela uma paixão. Em 1995, ao frequentar o projeto PAIDEIA – Tenda de Teatro e Música, descobriu o gosto pela representação. Licenciou-se em Estudos Teatrais pela Universidade de Évora e em 2003 enamorou-se pelo Trigo Limpo teatro ACERT, onde ainda hoje trabalha.

Xana Monteiro exprime a sua linguagem interior através da cerâmica. Deixa o pensamento fluir livremente, criando uma identidade muito própria, singular e orgânica. Tenta ir bem longe, alcançando os seus sentimentos mais profundos. E deixa os seus sonhos voarem e, com eles, o sonho da cerâmica negra portuguesa voar ainda mais longe, longe aonde os nossos antepassados nunca sonharam chegar, longe mas perto do lugar consagrado às outras artes criativas.


26 setembro

Cruzamentos Artísticos: Música e Artes plásticas

Com Gustavo Dinis e Cláudio Lima

10h30: Largo de Nandufe
15h30: Santo Amaro, Tonda

Gustavo Dinis começou por ter o primeiro contacto com música ainda cedo, através da coleção de discos do seu pai. Aos 12 anos teve as primeiras aulas de piano e guitarra. Em 2002, integra a formação de New Sketch, que lhe permitiu tocar ao vivo em diversos palcos nacionais. Em 2005, participa pela primeira vez na Queima do Judas do Trigo Limpo Teatro ACERT, onde viria a conhecer Fran Perez, músico e compositor galego que seria a sua grande influência musical. Do seu percurso académico fizeram parte pessoas importantes como Carlos Peninha, André Cardoso, João Freitas, Nuno Ferreira, Abe Rábade, Michael Lauren. Foi integrando diferentes projetos tais como Trenós, Fazenda e Uhai. Esteve presente na criação de bandas sonoras do CITAC. Tem participado consistentemente nos espetáculos do Trigo Limpo Teatro ACERT. Atualmente, divide o tempo entre os seus alunos de guitarra, espetáculos ao vivo, produção de música e criação de conteúdos multimédia.

Cláudio Lima formado em artes plásticas, desenvolveu trabalho em diversas áreas artísticas como a pintura, a gravura e a música. Conta também com diversas colaborações com a ACERT. Atualmente afastado das lides criativas, regressa para mais uma participação nas atividades acertinas.


Clown

LUNA
Com Maria Simões

11h30: Largo de Nandufe
16h30: Santo Amaro, Tonda

Maria Simões – Luna palhaça, encenadora, atriz, educadora e ativista cultural, trabalha profissionalmente, desde 1994 nas artes. Navega no teatro, cinema, clown, dramaturgia e música. Plantadora de árvores e de sorrisos, é voluntária em organizações e projetos de intervenção social e comunitária. Acredita que as artes podem mudar o mundo. Junto com outras ARTivistas, fundou Descalças cooperativa cultural, em 2006 nos Açores. Em 2015 criou o BOLINA - Festival internacional de Palhaças e fundou a Rede internacional de Palhaças. Apaixonada por pessoas, pelo mundo e por viajar, é no encontro com outros humanos que gosta de viver. Por isso, se enamora de atuar em campos de refugiad@s, em hospitais, centros de dia, escolas, debaixo de árvores ou na rua com uma linguagem, muitas vezes sem palavras, que universaliza o humor e os afetos.


Cruzamentos Artísticos: Teatro e Dança

Com Ilda Teixeira (Trigo Limpo teatro ACERT) e Romulus Neagu

12h30: Largo de Nandufe
17h30: Santo Amaro, Tonda

Romulus Neagu bailarino, coreógrafo e professor, iniciou a sua formação no Liceu de Coreografia em Bucareste. Foi bailarino na Ópera Românã (Craiova-Romania), na Ópera Nacional de Bucareste e Orion Balet. Em Portugal, trabalhou regularmente com a Companhia Paulo Ribeiro e participou em vários projetos dirigidos por vários criadores nacionais. É cofundador e diretor da Associação Cultural Intruso, projeto de criação e intervenção artística, desenvolvendo desde 2000 uma atividade regular de formação na área da dança,

Ilda Teixeira iniciou a sua atividade artística no Teatro Experimental da Casa do Povo da Camacha, na Madeira, tendo continuado a sua formação artística, na área da interpretação, com vários criadores nacionais e internacionais. É atriz do Trigo Limpo Teatro ACERT desde 1999.


27 setembro

Teatro

IDA À GUERRA
Com Pompeu José - Trigo Limpo teatro ACERT

10h30: Largo de Caparrosa
15h30: ACRE, Ermida

Pompeu José ator, encenador e animador cultural. Iniciou-se no teatro profissional em 1979, no TAS - Teatro Animação de Setúbal. Foi ator na Companhia de Teatro O Bando e desde 1993 que é ator e encenador no Trigo Limpo teatro ACERT. No seu percurso teatral destaca a coordenação da Peregrinação, evento regular diurno da EXPO’98 (97/98).


Magia

Com Zé Mágico

11h30: Largo de Caparrosa
16h30: ACRE, Ermida

Zé Mágico de seu nome José Pereira, tem 25 anos e é mágico profissional. Dedica-se à magia desde os 15 anos, mas esta é a sua profissão a tempo inteiro desde 2017. O ilusionismo, além de uma grande paixão, foi também o ponto de partida para a descoberta de outras artes performativas como o teatro, a dança e o novo circo, que têm muita influência na construção dos seus espetáculos e na maneira como vê e encara o mundo. O Teatro acaba por ganhar uma grande expressão no trabalho que desenvolve, seja na construção dos personagens, da história ou na encenação dos mesmos. Autodidata no que respeita à magia, formou-se em Design de Mobiliário e foi completando a sua formação artística ao longo do tempo, nas diversas áreas que despertaram o seu interesse.


Música

BOMBO A SOLO
Com Tiago Sami Pereira

12h30: Largo de Caparrosa
17h30: ACRE, Ermida

Tiago Sami Pereira nasceu em Lisboa, mas reside no interior do país. Estudou um pouco de tudo, desde artes, teatro, pedagogia e design. Na área da música dedica-se ao estudo e desenvolvimento da percussão tradicional portuguesa, focando-se especialmente no bombo. Ao longo dos anos explora este instrumento de uma forma distinta, dando origem a uma linguagem própria. Ao mesmo tempo, colabora com diferentes nomes da música portuguesa, tendo maior destaque no projeto Roncos do Diabo. Estreou-se em 2016 no BONS SONS e desde então continua a apresentar-se em palco sempre munido de um bombo.